fbpx

A primeira e mais frequente pergunta de quem está investindo em imóveis é quando vou obter retorno do meu investimento?  E a resposta está em uma soma de termos e condições que vão desde os seus objetivos pessoais até o mercado imobiliário e cenário econômico do país. A realidade catarinense é muito positiva para a venda de imóveis, com boas margens de lucro, porém, para fazer seu dinheiro render ainda mais, é preciso estar atento ao timing correto para a venda.

Volte para a pergunta: qual é o momento certo para obter retorno dos investimentos? Bem, assim como todos os nuances do mercado imobiliário, os indicadores que vamos apresentar não são uma ciência exata, afinal é preciso considerar a flexibilidade e a velocidade do mercado.  

Então vamos nessa, começando com o mais simples, o aluguel:

Aluguel

A decisão entre venda e aluguel está diretamente ligada ao seu planejamento financeiro e em breve falaremos sobre o assunto aqui no blog. Se você, ao ponderar os pontos positivos e negativos, optou por alugar o seu imóvel, já deve saber que o retorno de investimento é fácil de ser analisado. O Sebrae indica um cálculo simples para você prever em quanto tempo terá o retorno do seu investimento a partir do começo do contrato. O PRI, Prazo de Retorno de Investimento, nada mais é do que a divisão do Montante investido pelo valor líquido mensal recebido. Basta incluir as taxas, valores de manutenção e outras despesas que entram como variáveis.

 

PRI = Investimento Total / Lucro Líquido

 

A partir dessa data você passa a ganhar com o seu investimento e pode aproveitar uma das grandes vantagens da locação:  o lucro segue por tempo indeterminado, afinal a propriedade é sua e pode renovar e trocar contratos por muito tempo.

 

Venda

Caso a sua intenção seja vender o imóvel, vamos diretamente aos itens que influenciam na decisão do momento certo para buscar negociações.

Andamento da obra

O primeiro fator é o nível de construção da edificação. A obra está na planta? Em andamento? Está pronta para a entrega? Essas perguntas auxiliam a definir o melhor momento para a venda.

 

Empreendimentos na planta oferecem uma das melhores taxas de retorno, já que é possível comprar por um valor muito inferior ao valor de venda. Se o imóvel que você tem para negociar está nessa condição, o ideal é esperar a construção fluir para valorizar a unidade.

 

Obras em andamento também podem aguardar a finalização para venda, mas já é hora de fazer pesquisas de mercado, buscar potenciais compradores e estabelecer valores. É claro que se houver uma boa oferta você não precisa deixar de vender, por isso é importante estar atento à procura de imóveis na região.

 

Imóvel pronto para morar será o ápice do valor considerando o fator ‘andamento da obra’. Para empreendimentos de investimento, é o ideal.

 

Entorno

Outro ponto para ser avaliado é a perspectiva de valorização e crescimento da área. Você pode acompanhar através do plano diretor da cidade as tendências de movimentos urbanos. Deve ocorrer o crescimento da procura quando o desenvolvimento for noticiado. Você pode aproveitar o início de obras de infraestrutura e mostrar um futuro confortável e acessível para os compradores.

 

Época do ano

É preciso pensar na melhor época do ano para a venda. Apesar de ocorrerem transações ao longo dos 12 meses, os maiores índices então em início e fim de ano letivo. Se imaginarmos uma família com filhos, fica bem simples de visualizar a escolha da nova escola e a transição das crianças no tempo certo. Considerando o planejamento prévio e a entrada na casa antes do começo das aulas, podemos dizer que é na segunda metade do ano que as buscas são feitas. Está chegando! Prepare-se para começar com as visitas.

 

Situação econômica e de mercado

Por último mas não menos importante – talvez até o aspecto mais relevante – está a avaliação da situação financeira do sistema. Alguns índices como a taxa de juros, desemprego, crédito, inflação, PIB e confiança no consumidor devem ser observados. Faça análises e muitas pesquisas. É com base nos dados que você entenderá se o momento é propício ou não para a venda.

 

Ufa, é isso! Pronto para lucrar? Lembrando que é a soma de todos esses fatores que vai ajudar você a determinar o melhor momento para obter retorno com o seu investimento. É importante saber também que cada caso é um caso e nada melhor do que a opinião de um especialista sobre o assunto.

 

Está planejando o retorno do seu investimento? Deixe a sua dúvida nos comentários que nossos consultores estão prontos para ajudá-lo.

 

Abraços e até a próxima,

Carolina Vaisz

 

Deixe um Comentário