Esta é uma dúvida frequente na hora de construir ou reformar um imóvel ou cômodo da casa. Ambos têm características positivas e negativas e a melhor forma de escolher é compara-las. Se você tem esta dúvida, hoje vamos ajudar você com esta tarefa.

– O piso de madeira pode ser vinílico, sintético. É antialérgico, não faz barulho ao andar e a limpeza é feita apenas com pano úmido. O preço e instalação são razoáveis. Além do vinílico, também tem o taco, que é aconchegante e muito duradouro. A limpeza é feita com vassoura e produtos específicos. O custo é alto e a instalação demorada, pois é mais trabalhoso, já que as peças são colocadas uma a uma.

– Os pisos frios mais comuns são o porcelanato e a cerâmica. Podem ser usados em ambientes internos e externos, podem ser molhados e a limpeza é feita com pano úmido e no caso do porcelanato, com produtos específicos. Podem lascar com a queda de objetos e fazem ruídos ao caminhar.

– O piso de madeira confere um clima mais intimista, de aconchego, porém é muito mais sensível aos líquidos e por isso é indicado para lugares como quartos e salas, que são ambientes mais secos.

– O piso cerâmico, chamado também de piso frio, tem muito mais facilidade para limpeza e o principal: impermeabilidade. Ideal para cozinhas, banheiros e áreas abertas.

– O piso de madeira vinílica tem em sua instalação um ponto positivo.

– Já o piso cerâmico necessita uma colocação mais trabalhosa, levantando poeira e precisando de tempo para secagem e assentamento.

– O piso de madeira tem menor durabilidade, pode riscar fácil e manchar caso não haja cuidado.

 

– O piso cerâmico tem alta durabilidade e resistência, além de uma infinidade de modelos e cores. Recomendado para dar unidade ao imóvel.

– Ideal para locais quentes, o piso cerâmico resfria a casa, ao passo que a madeira aquece.

Deixe um Comentário