Florianópolis é hoje uma capital cosmopolita. Em muitos lugares é mais comum encontrar gente de fora do que nascidos na capital catarinense. Mas mesmo antes desse boom migratório já havia na cidade um bairro com essa bossa: a Trindade.

O bairro foi uma pacata localidade açoriana até a criação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em 1960. De lá para cá, o campus da Trindade passou a receber estudantes de outras cidades, outros estados, outros países…e divou!

A Trindade cresceu. Condomínios residenciais começaram a ser erguidos. Alguns abrigando mais de 1,5 mil moradores, como o Itambé, o maior deles, com 27 prédios e 405 apartamentos. Sim, bombou!

Fio condutor do comércio local, a Lauro Linhares, rua de 2,5 quilômetros que atravessa o bairro de norte a sul, passou a oferecer cada vez mais opções de produtos, serviços e lazer.

Hoje em dia o mais difícil é apontar o que não se encontra no bairro. Bancos, lojas, bares, restaurantes, material de construção, oficinas mecânicas, papelarias, laboratórios médicos, estúdios de yoga e pilates, academias de ginástica, pizzarias, cervejarias artesanais, postos de gasolina, farmácias, lotéricas, cartório, mercados, peixarias, imobiliárias, sapataria, loja de aviamentos, de fotocópias, cafés, vidraçaria, loja de material elétrico, borracharia, centro de saúde, hospital, escolas de idioma, colégios e faculdades, universidade, praças, banca de revistas e uma infinidade de outros negócios.

As alternativas para comer, beber e se divertir são bastante variadas. Há novidades relativamente recentes, como o Empório Goiano com seus produtos regionais e sabores exclusivos, e empreendimentos há muito estabelecidos, como a pizzaria Yellows, o restaurante Capitão Goumert, as lanchonetes Xande e Quebra-Gelo, os mercados Alternativo e União, a padaria Rainha do Pão de Queijo, a confeitaria Kuchenwelt, entre outros.

Há também lugares discretos que quem não conhece o bairro pode passar batido. É o caso da casa noturna General Lee, ambiente com ótimo som, bandas de rock e bom chope, mas que definitivamente não chama a atenção pela fachada, que, no caso, é a do prédio de escritórios Meridian Office, na rua Cônego Bernardo, 101. A entrada do bar fica no térreo, no lado direito do prédio.

Outro lugar especial e pouco notado é a Gruta Nossa Senhora de Lourdes, em frente ao Shopping Iguatemi. Construída em 1913 pelas irmãs da Divina Providência, é um pequeno oásis verde e tranquilo na muitas vezes engarrafada avenida Madre Benvenuta, onde se localiza.

O café e restaurante La Boheme é outro ponto ao mesmo tempo discreto e famoso do bairro. Descendo uma escada, entra-se no café e, alguns degraus mais abaixo, no restaurante, que oferece um dos melhores buffets a quilo da cidade. (Deu água na boca só de escrever!)

Já a grande demanda atual, um supermercado, deve ser sanada no ano que vem com a conclusão do Comercial São Francisco, grande empreendimento localizado na praça Santos Dumont, ao lado da Igreja da Trindade, incluindo também lojas e escritórios. Ele vai formar um trio de prédios comerciais e executivos com os vizinhos Max e Flora Center e Shopping Trindade, que também ficam no entorno da praça. E aí? Dá vontade de mudar hoje mesmo pra Trindade, não é mesmo? Partiu!

Deixe um Comentário